Antes de comprar equipamento saiba primeiro em que ele será usado

Katya D'Angelles 9 de abril de 2015 0
Cada mosquetão tem uma finalidade ideal, saiba primeira qual a sua necessidade

Cada mosquetão tem uma finalidade ideal, saiba primeiro qual a sua necessidade

“Mas, para qual finalidade?”. Geralmente é com essa pergunta que todo profissional experiente em altura responde outra pergunta: “Qual tipo de mosquetão devo comprar?”. É bem comum a ideia de que mosquetão é tudo igual, porém existem vários tipos e modelos,  com diversas finalidades.

 Variando desde a sua composição (aço ou alumínio),a sua geometria( assimétrico e simétrico) bem como sistema de gatilhos ( automático, rosca, ou rápido) vamos abordar esse material  quanto a sua geometria e utilização.

Mosquetão em D

Mosquetão em D

 FORMATO “D”

Possui uma geometria matematicamente confeccionada para uma maior resistência, seu formato possibilita uma melhor acomodação junto ao sistema, seja com cabos(corda) ou chapeletas. É bastante utilizado em ancoragens e procedimentos que exijam bastante resistência para suportar cargas bem elevadas.

Formato HMS (Pêra)

Mosquetão PeraMais utilizado como elo da cadeirinha com o freio, sua geometria em forma da fruta que leva o nome a pêra, permite uma abertura maior do mosquetão, deixando assim mais fácil a colocação de mais cabos, ferragens e outros acessórios, caso necessário. HMS deriva do Alemão e significa “mosquetão para meia volta do fiel” devido os escaladores utilizarem esse tipo de nó junto ao mesmo.

Oval

O formato oval proporciona melhor divisão da carga

Oval

Seu formato é o ideal para equalização de roldanas dividindo igualmente a carga, evitando assim um desgaste maior e aumentando assim o tempo de vida útil de suas roldanas.

Sobre a composição, tanto aço como alumínio, desempenham sua função perfeitamente. Muitas pessoas optam pelo alumínio devido ser bem mais leve que os equipamentos em aço, as mesmas tem o cuidado de evitarem impactos constantes nesse equipamento devido o seu desgaste ocorrer de dentro para fora, dificultando uma avaliação visual. O aço apesar do peso bem superior ao alumino, é bem mais fácil de identificar suas ranhuras e desgastes a olho nu, é muito utilizado em ancoragens por ser mais resistente a impactos que podem vim a ocorrer com o  movimento de tensão  e relaxamento da corda. A escolha quanto ao tipo de liga metálica a ser utilizada acaba ficando a gosto do praticante.

Então o ideal é que você adquira o seu material de acordo com a prática que pretende fazer e onde,  mas se for possível ter de cada tipo de equipamento exemplares que permitam o desenvolvimento de todas as práticas nunca é demais.. E sempre procurar estar perto de pessoas com experiência e manter o cuidado com a sua segurança e do seu material.

Deixe um comentário »

UA-24370088-1